Whatsapp

Simular
Cotação

Buzinar, dirigir devagar e outras 5 infrações que geram multas

Um bom motorista está sempre ligado em notícias relacionadas ao trânsito, principalmente sobre leis e segurança.

É importante saber as regras para evitar dores de cabeça com acidentes e multas indesejadas.

Algumas atitudes comuns do dia a dia podem ser consideradas infrações.

Às vezes, por não saber uma simples informação, o motorista acaba cometendo erros, que resultam em multas.

Para não ser pego de surpresa com uma notificação, confira 7 situações em que você pode ser multado!

 

  • Ficar sem gasolina:

Se você só se preocupa em abastecer seu carro quando o tanque já está na reserva, é hora de mudar de atitude!

Além de ser uma prática ruim para o veículo, pois pode ocorrer a pane seca, ficar imobilizado em vias por falta de combustível é infração média, que pode acarretar em multa e remoção do veículo.

 

  • Mexer no celular:

Todos sabem que é extremamente perigoso usar o celular enquanto dirige. Mas muitas pessoas ainda usam, “só para dar uma olhadinha”. No entanto, um segundo de distração ao olhar a tela já é o suficiente para provocar um acidente.

Se o condutor for pego segurando ou usando o celular enquanto dirige, mesmo que esteja parado em algum sinal, está sujeito a multa.

 

  • Usar fones de ouvido

Parece uma atitude simples, mas a audição é parte fundamental da direção defensiva. Com os fones, o condutor fica desatento a sinais sonoros importantes, como buzina, apitos de fiscais e sirenes. É uma infração média, com multa.

 

  • Molhar pedestres

Em dias chuvosos, além de ter cuidado com as poças para o veículo não cair em buracos, o condutor deve ter cuidado também para não espirrar água em pedestres. A infração é considerada média, com multa.

 

  • Ouvir som muito alto

É cultural em nosso país potencializar o som dos carros. Além de perturbar a vizinhança, o som com grande volume pode atrapalhar a atenção do condutor, assim como os fones de ouvidos.

O conselho Nacional de Trânsito tem normas para limitar o volume de sons automotivos. Ultrapassar esse limite é considerado infração grave, com aplicação de multa e apreensão do carro para que as regularidades sejam verificadas.

 

  • Buzinar sem motivo

A buzina deve ser usada em momentos de necessidade, como por exemplo, para alertar outro motorista ou pedestre. Buzinar para fazer com que os motoristas andem mais rápido não é um uma atitude necessária e é considerada infração leve.

 

  • Trafegar em baixa velocidade

O limite de velocidade máxima é sempre informado nas placas das ruas e rodovias. O que muitos não sabem, é que existe também um limite mínimo, que é sempre a metade da velocidade máxima permitida para a via. Trafegar abaixo desse limite, sem estar na faixa da direita, é uma infração média, sujeito a multa.

 

Algumas de nossas atitudes no trânsito podem parecer normais ou inofensivas, mas podem levar a acidentes gravíssimos. Então, se você comente alguma das infrações acima, sabe que, além de do prejuízo financeiro, você pode causar uma dor de cabeça ainda maior.

Não comprometa a sua segurança e a de outras pessoas! Lembre-se: a segurança no trânsito começa com você! Faça aqui a sua cotação na Premium Clube de Benefícios e esteja sempre protegido!